sexta-feira, 8 de abril de 2016

Doutor dos maluquinhos

Primeira conversa. Não gosto de lhe chamar consulta. Deu para amassar e deitar fora a ideia de que iria ser um drama, uma choradeira, uma hora deprimente, a contar tudo e mais alguma coisa a um desconhecido. Não foi. Conversámos obviamente, mas de maneira leve, informal, sem julgamentos, sem silêncios longos. Fizemos um esquema da minha família, para encontrar quem tenha já problemas com ansiedade e para perceber a quantidade de conflitos e tensão existente que me possa afetar de alguma forma. Foi interessante porque até eu estou a descobrir o caos que é a minha família ahah embora não seja o centro da questão é óbvio que todos os contextos e pessoas da nossa vida nos afectam. E ele vai passar comigo por todos eles. Por isso diz que temos trabalho para uns seis meses, primeiramente todas as semanas e depois de quinze em quinze dias.
Não é tão caro quanto pensei, ainda para mais sendo quem é, com um historial brilhante em várias áreas da Psicologia. E chamou-me colega, acho que pela primeira vez me senti orgulhosa de ser licenciada, que requinte ahah

Beijinhos, que venha dai um bom fim-de-semana. O meu vai ser mais leve certamente e mais positivo, estou a sentir ♥

16 comentários :

  1. Tu és um caso típico dos que dão razão ao provérbio:
    casa de ferreiro, espeto de pau.
    Davas consultas a ti própria. Além de poupares nas consultas, ganhavas experiência para o futuro. ahahah
    As melhoras e bom fim de semana.

    ResponderEliminar
  2. Bom fim de semana e força:) Acho que às vezes tbm me fazia bem umas consultas dessas

    ResponderEliminar
  3. Comecei a ir a uma psicóloga por me sentir "cheia" psicologicamente e, dois meses depois, sinto que foi a minha melhor decisão. Descobri imensas coisas sobre mim mesma e sobre como gerir as minhas ansiedades. Sinto-me muito mais aliviada.

    Mas, confesso, chorei baba e ranho na primeira conversa. Não estava à espera de reagir assim visto que não lhe contei nada que os meus amigos mais próximos já não tivessem ouvido. Acho que era o que me faltava: deitar tudo cá para fora.

    ResponderEliminar
  4. As pessoas não imaginam a quantidade de psicólogos que vão a psicólogos. :) É normal e é uma mais-valia. Para poder ajudar os outros temos de estar bem com nós mesmos, especialmente no caso de psicólogos clínicos. Tive tantos colegas que tantas vezes entravam em desequilíbrio.. Como poderiam depois descentrar-se de si próprios e ser um suporte para o outro? Esse investimento que estás a fazer vai ser bom em todos os níveis. Eu nunca consultei um psicólogo, nunca senti verdadeiramente a necessidade, mas tenho o objectivo de o fazer um dia destes, há sempre algumas arestas que precisam de ser limadas. O meu único receio é não encontrar um bom psicólogo. Como já deves ter reparado, ou irás reparar, há muita gente que sai com um diploma mas que quando se espreme não sai nada.

    ResponderEliminar
  5. Sem duvida que o resultado final vai valer a pena. Eu acredito que fazia maravilhas a todos os que sofrem de ansiedade...
    Eu mesmo não sofrendo acho que ia tirar 20kg das costas...

    Beijinhos e bom fim de semana ;)

    ResponderEliminar
  6. que óptimo, vais ver que vai correr tudo bem :)

    ResponderEliminar
  7. Ainda bem que te leio assim...com esperança e motivada a enfrentar o futuro. Também eu ando em consultas. Já há 3 meses e agora é que vou começar a resolver-me! Pelo menos um bocadinho.

    ResponderEliminar
  8. Gostei de saber desta novidade.Eu penso que te dará um bom caminho nas descobertas e quem sabe escrever algo sobre isto para ajudar teus futuros pacientes.Estou na torcida, Beijinhos

    ResponderEliminar
  9. Gostei de saber desta novidade.Eu penso que te dará um bom caminho nas descobertas e quem sabe escrever algo sobre isto para ajudar teus futuros pacientes.Estou na torcida, Beijinhos

    ResponderEliminar
  10. Obrigado eu anjo :') fanei-o ao meu pai ahah
    Eu já tive várias consultas com a psicóloga e adoro. Estou em ânsias que chegue quinta para lá voltar para ver se começo a resolver as crises de ansiedade! depois de ler o teu texto pergunto-me: porque não vais a consultas no hospital público? assim não tinhas de pagar e as consultas seriam regulares. :D
    Espero que, a partir de agora, nos ponhas a par de tudo. Quero acompanhar a tua evolução :D

    Adoro o novo layout do blog :D

    NEW FASHION POST | How To Use White Shirt in 5 ways.
    InstagramFacebook Oficial PageMiguel Gouveia / Blog Pieces Of Me :D

    ResponderEliminar
  11. Acho que é uma experiência que deves tirar o maior partido, eu já tive numa psicóloga a uns bons anos atrás, e resolvi problemas que provavelmente sem ajuda não os conseguiria resolver por isso é sempre bom :)
    with love, KATE ❤

    ResponderEliminar
  12. Tás a ver, cachopa?...
    Como não foi tão mau assim?... Está mais do que provado... as nóias estão todas é na nossa cabeça...
    As consultas vão-te fazer lindamente... aliás mais uma troca de ideias, do que consultas... e afinal são mesmo uma expressão prática do que estudas... que podes avaliar por ti mesma, os efeitos... técnicas... abordagens... e será mesmo uma boa experiência de que deves tirar o máximo partido...
    Beijinhos! Tudo de bom!
    Ana

    ResponderEliminar
  13. Penso imensas vezes que ir a um psicólogo deveria trazer-me muito mais tranquilidade mas vou adiando a decisão...
    Ainda bem que te sentes confortável com ele (o teu colega ;)) e espero que estas sessões te ajudem a superar estes ataques e te voltes a sentir como antes (ou melhor!).

    nem mais nem menos | Facebook | Instagram

    ResponderEliminar
  14. A saúde mental é ainda, infelizmente, desvalorizada e discriminada e por isso ninguém quer reconhecer que tem problemas. Espero que consigas ultrapassar este momento menos bom. Muita força!

    ResponderEliminar