sexta-feira, 13 de novembro de 2015

Segredinho, uma psicóloga também tem desses,

aaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaai, como começar isto. Não tenho por hábito ter estas conversas com vocês, mas para que quero um blog se não para escrever o que me vai na alma? ahah neste caso...o que me vai no corpo todo! Contem-me lá...ainda não vos aconteceu acharem graça a alguém e com uns copinhos em cima isso intensificar-se ao ponto em que não tens vergonha nenhuma de lhe admitir isso? Mas não o suficiente para teres de facto algo com ele porque não é o momento apropriado, ou seja, depois daquele otário quero valorizar-me ao ponto de não andar a meter-me noutras semelhantes. E já falei disso completamente sóbria, que vergonha na cara e falta de sinceridade são características que não fazem parte da minha personalidade, e queria de facto esclarecer isso visto que é alguém com quem me cruzo todos os dias. E olhem, agora se acontecer acontece, que chaticeeeeeeee tão grande que seria, só me arrependeria depois, que agora ando com a mania que a valorização pessoal passa por ser pura e casta...e lá estou eu a vomitar o que me vai na cabeça, nem vou ler isto que aposto que não se entende metade do discurso! 
Agora sou eu quem pede ajuda, que psicóloga que é psicóloga também precisa de um divã ahahah que tenham um óptimo fim-de-semana, beijinhos ♥

9 comentários :

  1. Como eu te entendo! Estou a passar por uma fase mesmo muito semelhante!
    Mas eu ando numa de "se der deu, se não der, fica para a próxima!" ahah
    Bom fim-de-semana!

    Beijinhos xx
    www.helenaduque.com

    ResponderEliminar
  2. Um bom fim de semana para ti também xD Tá um pouco confuso mas acho que te entendi xD não sirvo muito é para psicologa :P

    ResponderEliminar
  3. R: É o que estou sempre a tentar fazer as pessoas perceber: Os muçulmanos não são os únicos (e se calhar são muito poucos) por trás destes massacres desumanos... Há uma série de outros psicopatas que actuam em conformidade com os terroristas!

    ResponderEliminar
  4. O álcool é mesmo desinibidor... e normalmente só nos faz ser ainda mais directas. As cartas agora estão na mesa, não é verdade? Se for para dar em alguma coisa, a sobriedade a trará =)
    Boa sorte!

    ResponderEliminar
  5. percebi perfeitamente... porque tens um filtro do que te sai e o alcool simplesmente te eliminou o filtro.

    ResponderEliminar
  6. Os copos fazem disso mas nada como as cartas na mesa e o que for será :)

    ResponderEliminar
  7. À pessoas que só com os copos é que conseguem ter coragem para dizer o que lhes vai na alma. eheheh

    ResponderEliminar
  8. Não te arrependas se acontecer... deixa ir, fluir e dps logo vês... Esse é o meu conselho, sempre, faz o que te apetecer e não penses o que os outros vão pensar ou dizer ou o que seja.
    Depois logo se vê... Eu achei que o Ricardo não ia ser uma coisa séria (por ele e não por mim) mas decidi atirar-me de cabeça e 4 anos depois já muito aconteceu ;)

    ResponderEliminar
  9. É por isso que até simpatizo com o álcool. O desinibir ajuda imenso a rolar coma vida para a frente. Dizes o que queres, o que não queres e colocas a culpa no copo, há melhor? Mas se conseguiste racionalizar tanto mesmo com uns copos, devias ter bebido mais...aproveita e nunca te arrependas de viver a vida.

    ResponderEliminar