sexta-feira, 17 de julho de 2015

Uma psicóloga também pode ser supersticiosa,

não gosto quando me dizem que não o posso ser, que estudo como é que esses mecanismos funcionam blá blá blá mas sou, há coisas que não conseguimos explicar, sobretudo as crenças que temos, provém só da educação que nos foi dada? provém do ambiente em que estamos inseridos? da nossa cultura? claro que tudo isso misturado dá a receita do que somos...mas não há uma explicação simples sobre o porquê de acreditarmos. Sou defensora de que se nos faz bem, deixa ficar. Faz-me bem ter um guardador de sonhos perto da minha cama, ter um trevo e um anjo da guarda ao pescoço, não abrir um chapéu de chuva dentro de casa e de não passar por trás da coluna maldita em Évora. 



Se te faz sentir bem, deixa ficar! :)


19 comentários :

  1. Gosto do teu princípio!
    Bom fim de semana!

    ResponderEliminar
  2. Concordo contigo!
    http://bloguedacatia.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  3. Contando que não magoemos ninguém, porque não? :) .
    -Elisabete

    ResponderEliminar
  4. Também sou um bocadinho supersticiosa!!
    r: ohh muito obrigada Diana :)

    ResponderEliminar
  5. Eu, por oposição, não sou nada supersticiosa, mas respeito totalmente quem é e não vejo mal nenhum nisso!

    ResponderEliminar
  6. Entendo completamente e todos nós temos as nossas superstições

    ResponderEliminar
  7. É mesmo horrível, agora dou valor aos banhos de água quente **

    ResponderEliminar
  8. mal não faz! eu por acaso não tenho superstições, mas acredito um bocado no karma!

    ResponderEliminar
  9. r: Os que comprei não são na cor preta, são na cor rosa e eu costumo dar o nó de forma a ficarem com um ar muito mais descontraído. Eu pessoalmente acho que se visse apenas pelas fotos do site os achava um bocadinho para o "piroso". De qualquer forma, são de dança por isso é sempre aquela coisa... :)

    ResponderEliminar
  10. Exactamente, Diana. Se nos fizer sentir melhor e mais confiantes, então porquê deixarmos de ter determinadas crenças ou hábitos?

    P.S. Também sou de Psicologia :)

    ResponderEliminar
  11. R: Opá nós mimamos tanto o nosso gatinho :)

    ResponderEliminar
  12. Claro que pode.

    Isabel Sá
    http://brilhos-da-moda.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  13. R: Eu não era crente, mas tinha que me agarrar a alguma coisa :\

    ResponderEliminar