segunda-feira, 13 de julho de 2015

Ainda não falei sobre isso...

mas uma psicóloga também precisa de desabafar. Terminei os três anos (como sabem falta uma cadeira chata para ser licenciada) e sai de Évora, se tudo correr bem de vez, mas é uma tristeza...três anos é tempo de sobra para ter criado laços para a vida, sei que quem tem de ficar fica, mas custa deixar uma parte de mim, a minha história académica, felicidades, tristezas, o meu crescimento pessoal está naquela cidade. E para sempre a lembrarei.


Já vos aconteceu? Terem de deixar uma cidade, mudanças, choradeira, saudades...todo um turbilhão de sentimentos associados a "ir embora"? Sei que é para o melhor, que se terminar a licenciatura só tenho a ganhar e que início o mestrado na capital e tudo, mas o meu coração fica para trás enquanto a cabeça pensa adiante. 

10 comentários :

  1. Não acabei a universidade, aliás ainda vou entrar, mas compreendo-te perfeitamente. No meu caso, acabei agora o secundário e já sinto saudades da escola, dos amigos, dos professores, até da senhora da cantina... Sei que não se compara em nada à universidade mas dá para ter uma noção...
    Beijinhos,
    Cherry

    http://lifeofcherryblog.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  2. Estudei no Porto durante 3 anos e meio, e, agora que estou de volta à minha terra natal, sinto tantas saudades...não propriamente das pessoas (porque, infelizmente, não criei grandes laços na faculdade), mas sim da cidade em si. Porque é um lugar tão diferente, do qual gostei tanto...

    R: Ahah, eu costumo dizer que quem gosta de café, tem que gostar do verdadeiro sabor do café, ou seja, não mascarar o sabor do café com açúcar xD (Eu pessoalmente não gosto, só gosto com leite) É que o açúcar não traz benefício algum, só traz calorias xD
    É igual no que toca ao valor calórico ;) Em termos de composição, existem ligeiras diferenças entre açúcar e mel, mas nada de extraordinário, ou seja, nada que justifique usar o mel em vez do açúcar. O amarelo difere do branco em termos de produção (tem um processamento diferente), mas, no fim, vai tudo dar ao mesmo. É por isso que o ideal é não adicionar nada aos cafés e afins ;)

    ResponderEliminar
  3. Tens mesmo, é ótimo!
    Também gostava de seguir psicologia, força a lidar com essa saudade ;)
    Estou a seguir

    ResponderEliminar
  4. Nunca passei por isso, visto que estudei perto de casa, mas só o facto de ter deixado a faculdade para trás - para entrar no mundo do trabalho - me deixou de coração apertado. Nem quero imaginar deixar ainda mais coisas para trás! Força :)

    ResponderEliminar
  5. Passei por isso quando me mudei para Coimbra para seguir o meu sonho de ser jornalista. Apesar de vir a casa de 15 em 15 dias nunca é a mesma coisa. Mas sinto que ganhei duas casas e tu tens de pensar que ganhaste amigos para a vida e que, apesar de ter terminado, eles vão continuar contigo mesmo que longe :)
    http://bloguedacatia.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  6. Nunca me aconteceu, porque fiquei a estudar na minha cidade, mas os meus amigos sao de longe e custa ve-los partir :/

    xoxo, Sofia Pinto
    Morning Dreams | Facebook | Instagram | Last Post

    ResponderEliminar
  7. Por acaso comigo foi ao contrário. Quando terminei o meu curso senti alívio. Aqueles quatro anos foram tudo menos bons...

    ResponderEliminar
  8. Nunca me aconteceu ter de deixar uma cidade mas quando terminei o secundário senti-me assim.

    ResponderEliminar